terça-feira, 8 de dezembro de 2015

WTF CÓSMICO...

WTF CÓSMICO...

Não consigo imaginar nenhuma linha de raciocínio válida para que se conclua a existência de algum deus, principalmente do tipo bíblico, vaidoso, castigador, vingativo, indeciso e injusto.

Até hoje, nenhum religioso conseguiu me mostrar qual foi a concatenação de idéias que o fizeram raciocinar e concluir que exista algum deus ou coisa parecida. Essa é uma conclusão séria para a vida da gente, e é preciso fazê-la claramente.

Alguém se habilita a descrever como chegou a essa conclusão? Abaixo, a título de exemplo, descrevo um resumo da minha conclusão de não achar possível um deus.

LINHA DE RACIOCÍNIO:
*Primeiro que não quero me enganar, pois gosto de saber e viver as verdades da vida, sejam elas boas ou ruins.

*Segundo que descobri que vivendo dentro dessa lucidez, passei a não temer mais as sombras, os terrores impostos por maneiras medievais de pensar, que nos ensinam desde criancinhas. Não temo o inferno simplesmente por achar que ele não existe, logo, a vida é mais bela, mais leve, mais tranquila.

*Terceiro que essa educação secular após uma educação religiosa inicial, que tive até uns 15 anos, me permite comparar os dois modos de pensar, e vejo que ser secular é de longe muito mais vantajoso que ser religioso, pois além de ver o mundo como ele realmente é, vejo a mim mesmo como realmente sou, com todos os nossos doces mistérios.

*Ainda bem, pois seria horrível ter que forçosamente amar a um deus que de chicote na mão, nos cria diante de uma encruzilhada, onde ou devemos teme-lo e ir para o paraíso ou mesmo que sem evidências, duvidemos dele e ingressemos num inferno infinito de sofrimentos...

*Isso me parece história da carochinha, muito mal escrita, portanto ilógica e não condizente com minha visão lúcida, onde não consigo concluir existir um deus birrento e vingativo, que permite acontecer tanta desgraça, inclusive a crianças inocentes, somente por não puxarmos o seu glorioso saco cósmico.

*Não tem como não achar estranho e de extremo mau gosto, um ser tão poderoso e acima de tudo que for mundano, criar um esquema baseado em medo e imposição, abandono e inferno, pecado e castigo. Feio, MUITO feio! Só podia ser criação tosca da era medieval.

*Por isso, prefiro ser um adulto sóbrio e viver uma vida tranquila, longe de neuroses e culpas. RELIGIÃO: Estou fora! E é o que eu indico.

E agora quem arrisca resumir sua linha de pensamento religioso, para uma comparação?

Imagino que ninguém ousará fazer um claro resumo, pois o que sempre rege escolhas religiosas são confusos e "inquestionáveis" sentimentos acumulados desde a mais tenra idade, e só convencem quem também é acostumado a esse tipo de marasmo mental e piegas, difícil de se livrar.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

A VERDADE SEMPRE SOMA MAIS

OPOSTOS SEMPRE EM LUTA, MAS A LONGO PRAZO O SABER SEMPRE VENCE

Certa vez, respondendo num site sobre ser impossível a convivência entre a ciência e a religião, vi que meu texto até que daria uma boa postagem aqui no Secularista:

"Caro leitor,
Quero citar a famosa frase do seriado "Arquivo X": "A Verdade Está Lá Fora", a qual é muito instigante.

Percebo de sua parte a intenção de aproximar da Ciência, com "C" maiúsculo, várias modalidades de sistemas que, talvez por tradição, talvez para manterem-se "vivas", não se valem de técnicas exatamente científicas.

Não estou apenas falando do cristianismo e do islamismo. Estou me referindo a tudo que foge, contorna ou manipula a verdade.

Nesse sentido, TODAS as religiões em sua natureza, são idênticas: São inimigas da História e da Ciência, chegando mesmo a estarem em lados oposto do espectro.

E o motivo é banal: Para que um sistema baseado em balelas e lendas se mantenha, é preciso que não confrontem fontes verdadeiras de dados, ou o leitor já viu essas balelas contadas em livros de História, ou em algum tratado científico?

A própria homeopatia, por exemplo, chafurda na lama da crendice, e NENHUM estudo sério comprova sua eficácia, e PONTO FINAL!

Não tem nada de complicado para se entender aqui. Placebo funciona, e é um efeito comprovado pela ciência, mas não significa que pode curar tudo.

Nenhum câncer ou amputação foi até hoje revertido pelo efeito placebo, ou homeopático, ou mesmo pelas artes da fé.

Essas balelas só existem porque o povo, ainda carente de sabedoria nesses princípios, são conduzidos pelas mais diversas "facções místicas" a duvidarem da ciência enquanto se apoiam na fé.

Quando alguém se cura através dessas pseudo-ciências, faz-se uma propaganda fantástica, e mesmo de boca em boca o negócio vai longe.

O que não dá certo não é divulgado da mesma maneira, relegando esses casos a um "Foi feita a vontade divina", ou "Era chegada a hora" ou "Tinha que ser assim" ou outras explicações absurdas, que passam pela própria culpa do paciente, que não seguiu o tratamento direito, ou tinha pouca fé, ou mesmo pelo seu "carma" comprometido.

Paralelo a isso, muitos detonam a ciência, MENTINDO descaradamente sobre falsos prognósticos fatais, que depois seriam revertidos.

Existem relatos aos montes de casos terminais, desenganados pelos médicos em que a fé curou totalmente, tudo recheado de radiografias "comprobatórias". Só que nada realmente é apurado.


Muitos que vivem da fé e boa vontade das pessoas, verdadeiros charlatões parasitas da ignorância, ensinam ao povo que a ciência é uma espécie de vilã. Algo como que a materialização da arrogância humana, desafiadora da fé e dos deuses, e ainda corrupta em sua essência.

Já cansei de tentar explicar que ciência é tudo de bom que o homem conseguiu em sua jornada, é o seu acervo de comprovações, e sem ela ainda estaríamos nas cavernas, morrendo aos 25 anos, encarquilhados, doentes ou famintos.

É uma covardia, e talvez a maior injustiça perpetrada na humanidade, o ato de denegrir o verdadeiro conhecimento, acumulado com muito esforço por gerações de homens e mulheres que tiveram o cuidado de registrar suas experiências, sem as quais, nada iria para a frente, e é o que sustenta e sustentará a sociedade, sempre aumentando nossa qualidade de vida, nosso conforto...

Acho que quem adere a esses detratores da verdade, o fazem mais por interesse monetário que por ignorância, e a longo prazo, como sempre foi, a verdade virá a tona, e dominará a humanidade, e esses detratores ficarão na história como meras pedras no caminho, que só vieram ao mundo para prolongar o sofrimento humano.

Por isso escolhi um lado: O lado inexorável, o lado que sempre vence no final, o lado da razão e do estudo, o lado da verdade extraída, que ainda está lá fora, não tem jeito, e que tudo de bom proporcionou ao homem na terra, mesmo enquanto muitos nada fazem, e ainda cospem no prato que ela sempre serve e sempre servirá a todos, indistintamente".

Edecildo

segunda-feira, 16 de março de 2015

O UNIVERSO É VIVO!


Toda a vida na terra, toda a arte, todos os sonhos, todas as concepções científicas e religiosas, verdades e mentiras, toda sinfonia composta ou ainda por compor, são apenas arrumações possíveis da matéria, orquestradas pela enxurrada de energia vinda do sol, que nos inunda gratuitamente, ainda que por tempo bastante longo, porém finito.

Em outras palavras, tudo referente ao gênero humano que possamos inferir, É PRÓPRIO DO UNIVERSO, o que definitivamente torna-o como que nosso pai, nosso criador.

A vida e a inteligência são inerentes aos átomos. Brotamos da matéria, e esse é um doce mistério, pelo jeito o maior deles.

 PERPLEXIZEM-SE! Pois pela imensidão afora, muito provavelmente temos outras manifestações semelhantes a nós, em menor ou maior potência.

PODEMOS INFERIR QUE O UNIVERSO É VIVO, E SOMOS SEUS OLHOS E MENTES!

Que outra compreensão pode ser maior que essa?


RELIGIÃO: APENAS UM MEME...

"Devemos respeitar as religiões dos outros assim como queremos ter a nossa respeitada" - Um pensamento comum, mas que nada mais é do que um tipo de acordo entre os que têm telhado de vidro, ELES PRESSENTEM QUE NO FUNDO ESTÃO TODOS ERRADOS.
Curto e grosso: Pessoas eu respeito, mas ideias erradas não! E religião é uma ideia errada! Um meme que deu certo apenas pelo comodismo humano de não gostar de pensar mais profundamente.

Religiões eu simplesmente não indico, pois é simplista, infantil e prejudicial ao desenvolvimento e amadurecimento humano. TEMOS QUE SER CONTRA!

Talvez nos tempos primitivos até tenha servido para alguma coisa, quando o homem, ainda bestial, precisava de rédeas.

Hoje uma educação secular RESOLVERIA A MAIORIA DOS PROBLEMAS DO MUNDO!

E não aceito alguém se ofender por eu atacar/zombar/falar mal das religiões.



ZOMBEM de meu ceticismo, que ainda acharei graça! Não ligo! Não sou (ninguém é) tão sensível, tão melindroso assim. Sei que não estou errado, e isso fortalece. Deveria fortalecer o crente também. Simples, não? O futuro mostrará isso.

Quem se ofende facilmente é porque no fundo pressente a vergonha de estar numa "furada".

Quem está de boa com sua religião, é porque tem motivos para achá-la real, mas não justifica também ficar tapando os olhos e ouvidos à história e à ciência, que até onde podemos saber, NÃO VALIDOU NADA QUE TENHA ORIGEM MÍSTICA.

Meu tom é enfático, como disse no início: Curto e grosso, porém apenas para enxugar o texto. Parece agressivo, mas pode olhar bem, que não é.

Essa coisa toda não é para brigar, e sim para ser posta em pratos limpos. O meu objetivo é fomentar o debate. Quem tem medo é porque sabe que vai perder.


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

TRANSPLANTE DE CABEÇAS (CADÊ A ALMA?)


TRANSPLANTE DE CABEÇAS (CADÊ A ALMA?)

Segundo esse link, G1: Transplante de cabeças em dois anos em cerca de dois anos, a medicina vai conseguir fazer transplante de cabeça (ou seria de corpo?).

Notícia interessantíssima, que vai sacudir alguns dogmas arraigados principalmente em religiosos, crentes em almas individuais para cada pessoa.

Então, oportunamente, questiono você, cristão, espírita, muçulmano, etc: O que dizem sobre isso?

Imaginem daqui a uns dez anos quando o procedimento de trocar cabeça for normal?

Vocês topariam se submeter?

O que vocês imaginam que acontece á alma do paciente?

Se ela ficar na cabeça, o problema está resolvido, mas não é assim que imaginam, não é mesmo?

Estou adorando isso, pois quando o transplante era de fígado, retina ou membros, eu cheguei a provocar uns amigos sobre “pedaços” de alma perdidos/transplantados, mas agora a coisa está encorpada! (Trocadilho infame involuntário/Freud explica)

O mais interessante é que eu experimentei tocar no assunto com alguns conhecidos, fazendo esse tipo de questionamento (É, sou um cara meio chato sim!), e os caras ficam só rindo com cara de besta, sem ousar afirmar nada, e apressando a conversa, caindo fora, obviamente assustados com toda essa novidade meio herética, he he he.

Bom, chega de papo furado! É óbvio que logo esse tipo de operação vai funcionar e todos irão querer fazer em casos de destruição do corpo, e nem pensarão em porra de alma.

ALMA NÃO EXISTE, e a própria medicina está ajudando a demonstrar isso, educando as pessoas a pensar com lucidez.

MAIS UM BAQUE ÀS RELIGIÕES, que com a evolução do conhecimento estão ficando cada vez mais fracas.

Afinal, nada é mais poderoso do que a "verdadeira" verdade.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

...DA INCOMPATIBILIDADE ENTRE PENSAR E TER FÉ


Ei, pessoa de fé! Quero te informar uma coisa, que pelo jeito você não sabe, na moral, sem treta:

1: Eu não sou cético porque quero. Eu apenas penso, e não posso fazer nada se nasci gostando de pensar...

2: Já você tem fé porque quer, e obviamente tem todo o direito.

3: Pessoas como eu não conseguem desconsiderar a HISTÓRIA e a CIÊNCIA, e não podem deixar de ser sinceros consigo mesmo. Vivem lúcidos, preferindo a realidade, mesmo que sem imortalidade, divindades ou paraísos...

4: Já os que tem fé evitam a todo custo se informar, desconsiderando a história oficial, a ciência, enfim todos os séculos de conhecimento humano acumulado, se acostumando assim a fugir dos detalhes de tudo, e ainda por cima, achando bonito esse "não pensar"...

5: Em vista dessa realidade, os que vivem pela fé estão sempre em desvantagem em relação aos que vivem pela lucidez, já que não são livres realmente, ficando sujeitos ás regras de suas respectivas religiões e credos, que não podem estar todos os milhares deles certos.

6: Cada um vive como bem entender, mas não devem interferir na vida dos outros, como as religiões sempre tentam fazer, contaminando o mundo com seus dogmas, seja politicamente, socialmente e até cientificamente, como a história sempre demonstrou.
Por exemplo, metidos na política, bancadas religiosas querem votar a proibição de aborto ou casamento gay, e isso é absurdo, pois devem instituir essas regras DENTRO de suas igrejas, ou seja APENAS entre seus correligionários.

7: A história mostra que se depender das religiões, a INTOLERÂNCIA vai se espalhar (sempre se espalhou), e guerras santas e segregações serão o tormento do mundo livre... (sempre foram), lembrando que até os textos ditos sagrados dizem que Jesus manda trazer a sua presença, infiéis para abater (Lucas capítulo 19: versículos 27 e 28)

8: Enfim, mesmo que fosse verdadeira, e existisse essa mitologia bíblica toda, eu a ABOMINARIA e me recusaria a fazer parte apenas por medo ("O temor do senhor é o princípio da sabedoria..." -Prov. 9, 10"), pois NÃO CONCORDO, e caráter não se muda nem com ameaças! (Ou se finge mudar...)

Ser livre é o que há, e não sei qual a dificuldade de se entender isso.


9: Qualquer dúvida, favor postar as respectivas perguntas que terei o maior prazer em esclarecer...