quarta-feira, 2 de abril de 2014

A VITÓRIA DA RAZÃO


A VITÓRIA DA RAZÃO
"...toda unanimidade é burra", bem disse Nelson Rodrigues.

95% dos povos é supersticioso ou religioso. POR QUE ELES ESTARIAM CERTOS?

Se pensarmos que as religiões excluem umas às outras, podemos categoricamente afirmar QUE NÃO, A MAIORIA NÃO PODE ESTAR CERTA!

Só podemos concluir que se tiver alguém certo, só pode ser uma minoria... ou ninguém... MAS A MAIORIA NÃO!

Existe um caminho a percorrer, um ciclo a se fechar.

As religiões simplesmente não tem para onde ir: Estão cercadas pelas evidências crescentes das verdades inquestionáveis da ciência e da história.

Uma pressão natural está se acumulando, se propagando pelo meio humano.

Por isso alguns grupos adeptos de dogmas detestam tanto a leitura e o saber, geradores da ciência, do precioso conhecimento acumulado.

Diante de uma realidade cada vez mais carregada de informações cada vez mais disponíveis, o conservadorismo religioso se ressalta naturalmente cada vez mais, como algo encarquilhado e engessado, não mais satisfazendo aos jovens, antenados que eles naturalmente são.

NÃO DÁ MAIS PARA OBRIGAR AOS JOVENS A SE SUBMETEREM A VELHOS CONTAMINADOS! ELES QUEREM (E PRECISAM) SABER LIVREMENTE!

A longa lavagem cerebral que preservou por tantos séculos os memes religiosos no imaginário dos homens está começando a perder efeito...

Cada vez menos mentes se submetem às infantis ameaças de punição para os que ousam. ESTÁ COMEÇANDO A NÃO COLAR!

Até os memes evoluem, e como de praxe, os menos aptos são sufocados pelos novos, mais aptos, alimentados de dados agora óbvios.

Nossa espécie, numa bem vinda etapa anterior, saiu das sombras das cavernas, e agora está pronta para a decisiva etapa de cultivando a luz do conhecimento, banir de vez as sombras que restaram.

Faltam bem poucas gerações para que se reúnam condições para que seja proferida essa frase: A RAZÃO VENCEU!