quinta-feira, 17 de outubro de 2013

O MAIOR EQUÍVOCO DA HUMANIDADE

O MAIOR EQUÍVOCO DA HUMANIDADE

O homem aos poucos vai melhorando sua condição graças ao acúmulo de conhecimentos, que terminam gerando benefícios em termos de melhor qualidade de vida, mais tempo de vida, maior felicidade, realizações, etc.

Esse acúmulo de sabedoria herdada é o que chamamos de ciência, e sem ela nada seríamos, a não ser homens das cavernas até hoje.

Quando criança, curioso pra caramba e vigoroso leitor de tudo que me vinha às mãos, logo me vi apagando a chama da "superstição religiosa" e acendendo o "farol do saber" destemido e sem fronteiras.

Foi com que um arrebatamento! Uma sensação tão maravilhosa, tão empolgante, que deu vontade de espalhar as boas novas para todo mundo.

Quando viramos seculares, um peso monstruoso das costas é retirado, somente em deixarmos de considerar pecados, infernos, castigos, etc. 

LIBERDADE E FELICIDADE ALI, DE MÃOS DADAS E TODA UMA LONGA VIDA PELA FRENTE (Tinha 14 anos)

Poucas décadas depois, qual não foi minha decepção ao ver que passaram-se os anos e as pessoas de maneira geral CONTINUAM ENTREVADAS nas mesmas antigas idéias que larguei quando jovem.

Eu achei que todos evoluiriam por igual, que lá pros meus 40 anos o mundo estaria mais sábio, mais secular, beeem melhor para se viver.

QUE INOCÊNCIA A MINHA! A RAÇA HUMANA CONTINUA TÃO BURRA QUANTO! NADA ACONTECEU! O QUE HOUVE?

Tento explicar, mas só me vem um vilão: A RELIGIÃO! O MAIOR EQUÍVOCO DA HUMANIDADE.

As religiões se organizaram para perpetrar suas idéias obscurantistas, e usam de ameaças para provocar medo e conter as pessoas.

As pessoas são induzidas a não pensar, não questionar, a ter medo de duvidar. É LAVAGEM CEREBRAL NA BOA!

Lavagem essa que fazem questão de começar nas crianças, plantando para sempre em suas mentes os terrores infernais de quem não seguir a bíblia.

Como sei que tudo aquilo é mentira ou mal entendido, só posso dizer que AS RELIGIÕES SÃO UM MAL ABSOLUTO, E PIOR: MAL TRAVESTIDO DE BEM.

E ela não permite questionamento nem mesmo de outras religiões. SÃO NA REALIDADE INIMIGAS ENTRE SI!

São também muito "sensíveis" e se ofendem com muita facilidade. Se dão o direito de exigir silêncio sobre elas.

Estabeleceu-se forçadamente que não se deve criticar religiosos, que devemos respeitar, e tal...

MAS UMA NÃO RESPEITA NEM MESMO OUTRA PARECIDA: Assim, sob a égide de Jesus Cristo, Católicos e Protestantes, 

por exemplo, vivem se explodindo na Irlanda. Como pode?

Religiosos são normalmente assim: São intolerantes e pedem para tolerá-los.

Não respeitam nunca, mas pedem respeito supremo de todos, principalmente dos odiados ateus e céticos.

Eu estou dentro da fatia de uns 5% de quem não crê. Sou uma mísera minoria, e me acostumei a viver cercado de 

mitologias diversas e ouvir (e ver) tolices mil.

É batizado pra lá, é culto pra cá, é gente que cai no chão endiabrada.
É pastor gritando na tv, nos rádios e nas ruas.
É vizinha se esguelando em cânticos gospel de extremo mau gosto, horríveis e intermináveis.
É tambores de macumba ao longe depois da meia-noite, é oração de mãos dadas em tudo que é lugar.
É um monte de comentários no trabalho sobre aquela "revelação" sobre o marido da mariquinha,
Ou sobre como Deus "é bom" por ter salvo uma pessoa naquele acidente de ônibus, onde morreram mais de trinta.
É a beata dando uma de ofendidinha por ouvir um palavrão na rua.
É aquele crente casca grossa que todo mundo fofoca que toma banho vestido com medo de ser arrebatado nu.
É "Na paz do Senhor" pra lá, é "abençoado" pra cá aaAAAARRGHHH!

É MANEZISSE DEMAIS, BROW!!! Isso tudo prova que sou tolerante pra cacete ao conviver com eles!  É A MINHA VIDA INTEIRA NISSO!

Vivo com isso por décadas e nunca explodi, e sempre tentei disfarçar na maior parte dos tempos como aquilo tudo me parecia ruim e idiota. MAS AGORA CHEGA! "ELES" PRECISAM VER QUE EXISTE UM OUTRO LADO, uma outra concepção!

Estou velho demais para ter mais paciência do que já tive esse tempo todo.

Claro que ainda respeito o amigo crente ou macumbeiro ao lado, seja no ônibus ou no trabalho, e não fico tocando nesses assuntos para não parecer chato. (Só sou chato na internet, e mesmo assim, só para quem procura ou me adiciona)

Ás vezes vejo alguns amigos conversando sobre assuntos "de Deus" e finjo não ouvir, para não terminar dando minha "ofensiva" opinião. Tudo pela paz. 

Aliás, sou o maior representante da paz que conheço.
DETESTO BRIGAS! DETESTO GRITARIA! ADORO HARMONIA!
Mas sou um grande debatedor!
Dentro de mim, uma grande força se acumulou, formando uma grande energia pulsante, se debatendo para para debater.

Ultimamente minha reação diante das costumeiras babaquices é ficar dizendo mentalmente, doido pra entrar no assunto:

-"Me pergunta, desgraçado, pede minha opinião, infeliz, pede! Pergunta o que eu acho, e por que."

O que parece é que alguns que já me conhecem, obviamente fazem logo uma bela fofoca pelas minhas costas (sim eu percebo! No trabalho acontece direto) e o resultado é que termina que "já avisados", a maioria das vezes, terminam "me poupando".

De quebra, ouço muitas piadinhas, mas samurai que sou, sempre finjo não perceber. Tudo pelo respeito, tudo pela paz de deus.

MAS HOJE EM DIA, SE ALGUÉM ME PERGUNTAR, EU DOU MINHA REAL OPINIÃO, DOA A QUEM DOER.

Nesses últimos meses já aconteceu umas 2 ou 3 vezes, e as reações são até engraçadas.

Eu vejo logo que a pessoa fica espantada, consternada até.

A Última que ouvi do amigo de um amigo meu, depois de eu dizer "na lata" dele que eu não acreditava em nada e explicar resumidamente "os porquês":

"-Pô, e eu achava que você era evangélico! Você é um cara que passa a maior serenidade! Como é que pode?"

ESSA É MINHA FASE ATUAL: NÃO ESCONDO NADA! PERGUNTOU, RESPONDO. Tudo muito explicadinho, pra todo mundo entender. Não entendeu? DANE-SE! Pelo menos agora sabe que nem todo mundo é igual, que existe algo mais que "maria-vai-com-as-outras" no planeta.

Mas a coisa não é violenta não! É ENTUSIASMADA! São muitos anos calado, vendo tanta babaquice tomando conta do mundo, VENDO A RELIGIÃO ESTRAGANDO TANTOS SERES HUMANOS, e quem sabe comprometendo o futuro da raça!

Nunca agrido! Podem "cutucar" sem medo!. TENHO ARGUMENTOS! A aparente agitação e voz firme são apenas sintomas de um entusiasmado descrente explicando o porquê de sua maneira de pensar, O QUE DIFICILMENTE UM RELIGIOSO CONSEGUE (OU DESEJA) FAZER.

Nunca ouvi nenhum argumento razoável de nenhum crente, quanto ao porquê de ele crer. Sempre no final É PORQUE ELE QUER E PRONTO! Como se fosse uma birra, assim sem mais nem menos.

AÍ NÃO DÁ! Assim me entusiasmo mais ainda, e aquele cara calmo e contido, meio tímido até, SE TRANSFORMA NUM LEÃO DOS DEBATES, NUM ROLO COMPRESSOR DAS IDÉIAS, e deus algum ou nem mesmo o capeta podem me calar (se existissem, he he he)

Então aqui estou eu, quietinho, respeitador e calminho, entre os "normais", ouvindo suas mitologias doentias e cheia de furos, só esperando que me chamem ao assunto.
E eu fico pensando com os meus botões:
-"Me pergunta, desgraçado, pede minha opinião, infeliz, pede! Pergunta o que eu acho, e por que."

Enquanto os debates são poucos, vou utilizando a internet, onde sempre procuro focos de debates para me expressar e dar continuidade aos "Richard Dawkins" e "Carl Sagan" da vida.

Me sinto realmente um representante desses caras maneiros, e acho que todos os professores (e pais) deveriam indicar seus livros a todos os jovens. A raça inteira agradeceria, e quem sabe, assim iríamos diminuindo aos esse grande equívoco da humanidade.